Corre Moeda Mudas – a iniciativa para auxiliar os recicladores a enfrentar as dificuldades financeiras ocasionadas pela pandemia

Corre Moeda Mudas” é um documentário produzido em 2020, no meio da pandemia do Coronavirus, que trata da iniciativa que une a Cooper glicério (Cooperativa de Trabalho e da Coleta Seletiva dos Catadores da Baixada do Glicério) e a Associação de Catadores de Materiais Recicláveis Nova Glicério, ambas cooperativas de reciclagem, e a horta comunitária da Vila Nancy, em Guaianases (São Paulo).

A iniciativa propõe a adoção de uma moeda comunitária única (a Mudas) e a capacitação dos catadores de materiais recicláveis em torno da “Universidade do Catador”.

Sobre o Documentário Corre Moeda Mudas:

O documentário começou a ganhar corpo a partir da realização do colóquio “Renda, Trabalho e Saúde” (2019).

Promovido pelo curso de psicopatologia e saúde pública da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, o evento teve, entre os palestrantes, a presença do Cleiton Ribeiro Emboava (presidente da Associação Nova Glicério), Maria Aparecida Dias da Costa (presidente da Cooper Glicério) e Joaquim Melo, fundador do Banco Palmas (uma das primeiras iniciativas de economia solidária no Brasil) e coordenador da Rede Brasileira de Bancos Comunitários.

Realizado no dia 30/11/2019, o colóquio potencializou o contato entre as três instituições (Cooperativas e Rede Brasileira de Bancos Comunitários).

No início de 2020 o Coronavirus “Covid-19” se espalhou pelo mundo gerando uma pandemia. Os impactos econômicos da pandemia afetou toda a sociedade. Foi neste contexto que o documentário começou a se produzido.

Mostrar a integração entre cooperativas de reciclagem, bancos comunitários e horta comunitária, possibilitando um elo de economia solidária, é o propósito deste documentário.

 O Documentário:

A captação de imagens ocorreu ao longo do primeiro semestre de 2020 e foi realizada pela Philbus Produções. A empresa fez a estruturação e a primeira versão do documentário.

A TeleObjetiva assumiu a edição e a Pós-Produção no final de agosto de 2020. O projeto foi finalizado em outubro de 2020 (versão abaixo).

 

A Versão em inglês:

Após a finalização do documentário, foi pensada como tornar o produto visível para os apoiadores internacionais.

O tradutor Ricardo Bastos Smith foi contratado e fez a tradução e legendagem para a lingua inglesa.

Por limitações técnicas do YouTube, optou-se por colocar a legenda como parte integrante do vídeo. Desta forma a TeleObjetiva realizou nova edição, acrescentando as legendas ao conteúdo visual do documentário (versão abaixo).

Ficha Técnica:

Corre Moeda Mudas é uma iniciativa do MID, Movimento das Invenções Democráticas.

Teve o apoio do Banco Palmas – um sistema integrado de crédito, produção, comércio, consumo e felicidade humana.

A Editora “Genio Criador” e a TeleObjetiva foram parceiras do projeto.

Teve a captação de imagens e o primeiro corte de edição realizado pela Philbus Produções.

A edição final e a pós-produção ficaram a cargo da TeleObjetiva.

Concepção, Produção e Direção Geral: David Calderoni

Edição e Assistencia de Direção: Tamara Ka.

Roteiro: Cleiton Emboava, Tamara Ka e David Calderoni.

 Coordenação de Produção: Cleusa Sakamoto.

Edição e Pós-Produção: Fernando Mariano

Versão em inglês e legendagem: Ricardo Bastos Smith.