Nossa história

A Tele Objetiva começou a ser planejada em maio de 2000. Um de seus sócios, à época universitário do curso de Rádio e TV, em uma conversa paralela numa aula de economia, ouviu de um amigo que em um futuro próximo as pessoas consumiriam filmes via internet. Basicamente é o que o Netflix faz hoje. Esse sócio nunca foi muito ligado ao cinema, mas vislumbrou a possibilidade de aplicar esse conceito em televisão.

Nos dois anos seguintes diversos estudos foram realizados para viabilizar uma forma de criar o canal de TV via Internet. Em janeiro de 2003 uma sociedade foi oficializada com outros dois formandos em RTV. Em agosto do mesmo ano, após recusa por parte de uma ONG, a TV on-line foi implementada, cujo lançamento ocorreu em 7 de setembro de 2003. A TV que levou o nome da produtora foi rebatizada em 2005, quando dois dos sócios originais saíram da empresa e uma nova sócia entrou no lugar deles. Antes da mudança de marca, a WebTv tornou-se portal e experimentou diversos formatos de produção de conteúdo. O Portal e a WebTV ficaram no ar até 2009 quando, por motivos particulares e acadêmicos, os novos sócios da produtora optaram por retirar a empresa do mercado por três anos.

Em março de 2012 a produtora volta ao mercado, oficializada sob a marca “Tele Objetiva Estúdio de Comunicação”. O novo nome traduz o conceito da empresa: Tele-objetiva é uma lente utilizada nas câmeras de vídeo e de fotografia para o registro de imagens distantes. Estúdio de Comunicação remete ao princípio da empresa em ser uma empresa de comunicação produtora de conteúdos em vídeo.

A empresa foi registrada em 2013, após os sócios decidirem fechar o CNPJ da empresa anterior e iniciar a empresa do zero.

Nos anos de 2013 a 2015 a produtora realizou trabalho para diversos clientes. Destaca-se neste período a série “O amigo do coração”, veiculada em nosso portal e canal no YouTube. Entre 2016 e 2017 a produtora realizou a transmissão ao vivo dos eventos institucionais da FAPCOM (Faculdade Paulus de Comunicação), em parceria com os técnicos da instituição. Entre 2017 e 2018 a produtora voltou sua atenção para o portal de cursos, na época batizado de LAB401. O projeto foi reformulado em 2021 e tem relançamento previsto para setembro sob nova marca.

Em 2019 a Tele Objetiva inicia nova fase. Seus sócios optam por realizar uma leve alteração no nome fantasia da empresa (de “TeleObjetiva” para “Tele Objetiva”), e a focar também na produção própria de conteúdo. Em 31 de março de 2019 o antigo portal de conteúdo e o site institucional da produtora são fundidos no atual portal. As atenções da produtora estiveram voltadas no desenvolvimento do produto TV Corporativa. Apresentado publicamente no início de 2019, o produto foi aperfeiçoado ao longo daquele ano.

O ano de 2020 marca um período de transformações na TeleObjetiva. As atenções da empresa estavam voltadas para o produto “TV Corporativa”. O projeto precisou ser abortado em março, pouco depois da empresa completar 8 anos: a pandemia do Coronavírus atrapalhou os planos da empresa e forçou seus sócios a repensar o negócio. 

Uma ideia dada por um ex-colunista do Ultra Portal foi amadurecida ao longo do ano: voltar a produzir conteúdos como o Ultra Portal produzia. No ar entre 2005 e 2009, o portal teve expressiva audiência e repercussão, chegando a ter em sua equipe 30 pessoas. O primeiro passo para isso foi dado em maio, na reestruturação do portal e produção da série de conteúdos sobre chromebooks. Em agosto novas mudanças na estrutura e na equipe. Em 14 de setembro o novo Portal TeleObjetiva é inaugurado. 

A pandemia do Coronavírus permanece em 2021 e a TeleObjetiva aproveita as dificuldades do momento para se reinventar. No portal são resgatadas produções antigas e publicadas com comentários de seus realizadores. Tais publicações objetivam mostrar o processo por trás do conteúdo e, resgardadas as limitações técnicas de cada época, ilustram como a produção para vídeo e TV lida com imprevistos e dificuldades. A empresa se associa com outras duas empresas para o relançamento do portal de cursos (outrora Lab401), sob nova marca. No segundo semestre do ano a empresa volta a investir na produtora e em seus segmentos originais de atuação. 

O ano de 2021 marca também uma significativa mudança na empresa: seus sócios, que atuavam profissionalmente juntos desde 2005 (e na TeleObjetiva desde 2012), optam por seguirem caminhos distintos. Em agosto é oficializado a mudança na documentação da empresa: a partir de então a TeleObjetiva segue com apenas um sócio e deixa de ser uma sociedade limitada (LTDA) e passa a ser uma sociedade limitada unipessoal (SLU). 

No mesmo período a empresa cria uma Galeria de Arte Fotográfica. Batizada de Lab401, a galeria não só é um espaço para exibição de trabalhos fotográficos como também uma plataforma para a aquisição destas fotografias como quadros. A plataforma foi lançada em 10 de agosto de 2021.

03042019932
Rolar para cima