Nossa história

A Tele Objetiva começou a ser planejada em maio de 2000. Um de seus sócios, em uma conversa paralela numa aula de economia, ouviu de um amigo que em um futuro próximo as pessoas consumiriam filmes via internet. Basicamente é o que o Netflix faz hoje. Esse sócio nunca foi muito ligado ao cinema, mas vislumbrou a possibilidade de aplicar esse conceito em televisão.

Nos dois anos seguintes diversos estudos foram realizados para viabilizar uma forma de criar o canal de TV via Internet. Em janeiro de 2003, uma sociedade foi oficializada. Em agosto do mesmo ano, após recusa por parte de uma ONG, a TV on-line foi implementada, cujo lançamento ocorreu em 7 de setembro de 2003. A TV que levou o nome da produtora foi rebatizada em 2005. Antes, tornou-se portal e experimentou diversos formatos de produção de conteúdo. Ficou no ar até 2009 quando, por motivos particulares e acadêmicos, os novos sócios da produtora optaram por retirar a empresa do mercado por três anos.

Em março de 2012 a produtora volta ao mercado, oficializada sob a marca “Tele Objetiva Estúdio de Comunicação”. O novo nome traduz o conceito da empresa: Tele-objetiva é uma lente utilizada nas câmeras de vídeo e de fotografia para o registro de imagens distantes. Estúdio de Comunicação remete ao princípio da empresa em ser uma empresa de comunicação produtora de conteúdos em vídeo.

Nos anos de 2013 a 2015 a produtora realizou trabalho para diversos clientes. Destaca-se neste período a série “O amigo do coração”, veiculada em nosso portal e canal no YouTube. Entre 2016 e 2017 a produtora realizou a transmissão ao vivo dos eventos institucionais da FAPCOM (Faculdade Paulus de Comunicação), em parceria com os técnicos da instituição. Entre 2017 e 2018 a produtora voltou sua atenção para o portal de cursos LAB401, projeto que atualmente encontra-se em fase de reestruturação.

Em 2019 a Tele Objetiva inicia nova fase. Seus sócios optam por realizar uma leve alteração no nome fantasia da empresa (de “TeleObjetiva” para “Tele Objetiva”), e a focar também na produção própria de conteúdo. Em 31 de março de 2019 o antigo portal de conteúdo e o site institucional da produtora são fundidos no atual portal. As atenções da produtora estiveram voltadas no desenvolvimento do produto TV Corporativa. Apresentado publicamente no início de 2019, o produto foi aperfeiçoado ao longo daquele ano.

O ano de 2020 marca um período de transformações na TeleObjetiva. As atenções da empresa estavam voltadas para o produto “TV Corporativa”. O projeto precisou ser abortado em março, pouco depois da empresa completar 8 anos: a pandemia do Coronavirus atrapalhou os planos da empresa e forçou seus sócios a repensar o negócio. 

Uma ideia dada por um ex-colunista do Ultra Portal foi amadurecida ao longo do ano: voltar a produzir conteúdos como o Ultra Portal produzia. No ar entre 2005 e 2009, o portal teve expressiva audiência e repercursão, chegando a ter em sua equipe 30 pessoas. O primeiro passo para isso foi dado em maio, na reestruturação do portal e produção da série de conteúdos sobre chromebooks. Em agosto novas mudanças na estrutura e na equipe. Em 14 de setembro o novo Portal TeleObjetiva é inaugurado. 

 

Publicado originalmente em 03/04/2019 – 9:32