TeleObjetiva

O programa segue a linha editorial do blog <strong>Loucura por Te Ver </strong>(<a title=www.loucuraportever.blogspot.com), criado em 2010 por Danilo Nunes.

Buscando sempre curiosidades e fatos interessantes, de maneira leve e descontraída, "Loucura por TeVer" leva a todos os fãs de televisão um pouco mais sobre as mais gostosas lembranças desta "máquina de fazer doidos", além de resgatar fatos já esquecidos.

"
O programa segue a linha editorial do blog Loucura por Te Ver (www.loucuraportever.blogspot.com), criado em 2010 por Danilo Nunes.

Buscando sempre curiosidades e fatos interessantes, de maneira leve e descontraída, "Loucura por TeVer" leva a todos os fãs de televisão um pouco mais sobre as mais gostosas lembranças desta "máquina de fazer doidos", além de resgatar fatos já esquecidos.

Curtas de Animação.
2012-03-13 00:00:00
Dossiê Re Bordosa

Fama? Ego Inflado? Espírito de Porco? Quais os reais motivos que levaram Angeli a matar Rê Bordosa, sua mais famosa criação? Este documentário em animação stopmotion investiga este vil crime. 

Ficha Técnica: Gênero: 
AnimaçãoConteúdo Adulto Diretor: Cesar Cabral Duração: 16 min Ano: 2008 Bitola: 35mm País: Brasil Local de Produção: SP Cor: Colorido Fotografia: Marcelo Trotta Roteiro: Cesar CabralLeandro Maciel Edição: Cesar CabralLeandro MacielSom Direto: Guile Martins Direção de Arte: Daniel Bruson Animação: Cesar Cabral Trilha original: Cláudio Augusto Edição de som:Eduardo Santos Mendes Direção de produção: Anália Tahara Produção Executiva: Carol Scalice Argumento: Carla Gallo Assistente de edição: Fernanda OliveiraRodrigo Lorenzetti Direção de Fotografia: Marcelo Trotta Modelagem: Olyntho Tahara Dublagem: Grace Gianoukas (Rê Bordosa)Laert Sarrumor (Bob Cuspe)Paulo César Pereio (Bibelô) Mixagem: José Luiz Sasso Montagem: Cesar Cabral,Leandro Maciel Cenários: Olyntho Tahara Locução: Lena WhitakerOdayr Baptista Entrevistados: AngeliLaerte CoutinhoMárcia Aguiar,Paula MadureiraTales Ab'SaberToninho Mendes Produção de Finalização: Camila Dipold Bonecos: Olyntho Tahara

Two Bodies: Dr. Sin
2009-12-03 00:00:00
Two Bodies: Dr. Sin

Muitos artistas e bandas estão fazendo atualmente o que muitos chamam de "mexer no que é sagrado", ou seja , regravar os antigos clássicos, ou para dar uma melhor produção as canções ou para estrear uma nova formação, enfim, por vários motivos. Bandas como Kiss, Saxon, Journey e muitas outras fizeram recentemente esta prática, com resultados que agradaram a muitos e desagradaram a outros... ...Pois bem, aqui no Brasil esta prática também ocorre com grandes artistas e bandas underground, como o nosso power trio brazuca Dr. Sin, que não resolveu apenas regravar algumas músicas, como sim dar uma nova roupagem a um disco inteiro, o seu clássico debut, Dr. Sin. Seguem nas linhas abaixo meus humildes comentários sobre os dois trabalhos: Dr SinDr. Sin (1993) - Warner/Nac Após uma série de shows na terra do Tio Sam, e negociações com diversas gravadoras, o Dr. Sin conseguiu o que muitos tentam e pouquíssimos conseguem, lançar seu debut por uma "major" e com uma grande estrutura, então o negócio era se preocupar apenas em compor grandes canções! E foi isso que a banda fez: um disco recheado de clássicos, onde o trio numa grande atuação nos faz vibrar em clássicos como Howling In The Shadows, Dirty Woman, Stone Cold Dead, Emotional Catastrophy, as baladas You Stole My Heart e Through My Window (essa um lindo interlúdio acústico), e como você acabou de ler grandes canções aliadas a uma grande perfomance musical. A única ressalva para muitos foi a produção feita por Stephan Galfas, que tinha no curriculo bandas como Stryper e Kingdom Come, que deixou a banda com uma cara "americana" e sem o peso necessário, mas isso não é algo que comprometa em nada! Discão!!! original sinOriginal Sin (2009) - Voice Music/NacUm dos argumentos da banda para esta ousadia é que eles queriam apresentar este excelente trabalho aos fãs mais novos... mas amigos, não se assustem, pois os caras tiveram o cuidado de atualizarem as músicas sem soar oportunista! Comparando com o debut, as músicas estão um pouco diferentes, principalmente os vocais do também baixista Andria Busic que soam mais graves ( e mais legais), além da performance da banda estar mais "musical" do que pirotécnica, principalmente os solos de Edu Ardanuy, como podemos ouvir em Howling In The Shadows.


Como fã a única faixa que me desapontou foi You Stole My Heart, que cujo finalzinho ganhou algumas partes desnecessárias, porém o risco de mexer em antigas canções culmina neste tipo de coisa, mas podemos ouvir o álbum na boa e sem traumas. Outra coisa que vale ser mencionada é a produção, que soa mais orgânica e "jovial", dando uma cara atual as canções! Além das músicas do debut, a banda gravou duas músicas inéditas: Nephelins, que figurará numa trilha de filme mostra uma banda bem pesada e com muitos momentos prog e o AOR You Are My Love, que assim como think It Over do álbum Bravo(2007) parece aquelas Power Ballads saídas dos anos 80, muito legal mesmo! Cara, se você tem o debut, adquira Original Sin também, pois é um registro digno de respeito e caso não tenha nenhum, compre os dois trabalhos, pois valem a aquisição! 
www.drsin.com.br

Programas + Vistos

A vingança da Bibliotecária
Espaço Experimental

Jamais perturbe o silêncio de uma biblioteca, ou despertarás a fúria da bibliotecária decrépita. Filmofagia de signos do imaginário terrorífico universal. 

A Terceira usina nuclear brasileira
Via Legal

Depois de muita discussão nos tribunais, governo recebe sinal verde para concluir as obras da terceira usina nuclear brasileira. A unidade irá funcionar em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro, mas a população ainda tem dúvidas sobre os riscos

Mauro Shampoo - Jogador, Cabeleleiro e Homem
Documentários

Mauro Shampoo, cabelereiro e ex-jogador de futebol, ficou famoso por jogar no Ibis Sport Club